Um esquema de pirâmide chinês de 3 bilhões de dólares pode ser um dos grandes culpados pela desvalorização do mercado de criptomoedas.

Por meio de seu perfil no twitter, a Dovey Wan – parceira fundadora da Primitive Ventures, já tinha chamado a atenção para o volume de vendas de bitcoin pela PlusToken esquema fraudulento de investimento chinês.

US$ 3 bilhões roubados

Sengundo Wan, a PlusToken foi criada em meados de 2018 sob uma estrutura clássica de pirâmide, que prometia aos seus usuários altos retornos de rendimento a diferentes porcentagens de desconto em seus quatro níveis. Em 2019, o projeto afirmava ter mais de 10 milhões de membros.

A Wan ainda anexou dados sobre todos os endereços de carteira – incluindo os de Bitcoin (BTC), Ether (ETH) e EOS – associados à PlusToken e avisou as exchanges e as plataformas over-the-counter para colocá-los na lista negra.

Junto com os endereços,a Wan também anexou dados investigativos da empresa de auditoria de segurança Peckshield que revela o fluxo de dinheiro da carteira do PlusToken no início de julho, data em que se supõe que as liquidações tenham começado.

Veja a matéria completa aqui

Deixe seu comentário