O Mercado Forex é o mercado cambial onde os participantes podem comprar, vender, trocar e especular sobre moedas. Ele é composto por bancos, empresas comerciais, bancos centrais, empresas de gestão de investimentos , fundos de hedge e corretores de forex de varejo e investidores.

O mercado de câmbio é considerado o maior mercado financeiro do mundo com mais de US $ 5 trilhões em transações diárias, o que é mais do que os mercados futuros e de ações combinados.

O Mercado Forex fica aberto 24 horas por dia e 5 dias por semana , fechando apenas durante o final de semana. Portanto, ao contrário dos mercados de ações ou títulos, o mercado cambial NÃO fecha no final de cada dia útil.

Em vez disso, a negociação apenas muda para diferentes centros financeiros em todo o mundo. O dia começa quando os comerciantes acordam em Sydney, em seguida, se muda para Tóquio, Londres, Frankfurt e, finalmente, Nova York, antes de começar tudo de novo em Sydney!

O que é negociado no Forex?

A resposta é simples : DINHEIRO.

Você não compra nada físico, a negociação forex pode parecer um pouco confusa.Pense em comprar uma moeda como comprar uma parte de um determinado país, como comprar ações de uma empresa.

O preço da moeda é geralmente um reflexo direto da opinião do mercado sobre a saúde atual e futura de sua respectiva economia.

Na negociação forex, quando você compra, por exemplo, o iene japonês, você está basicamente comprando uma “participação” na economia japonesa.

Você está apostando que a economia japonesa está indo bem e vai até melhorar com o passar do tempo. Então depois que você vender essas “ações” de volta ao mercado, você terá um lucro.

Em geral, a taxa de câmbio de uma moeda em relação a outras moedas é um reflexo da condição da economia daquele país, em comparação com as economias de outros países.

Legalidade

Não há atualmente no Brasil nenhuma instituição autorizada a ofertar investimentos em Forex. Ou seja, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM), órgão que regula o mercado de derivativos no Brasil, não permite a atividade e qualquer oferta pública dessa natureza no país. Isso inclui, mas não se limita, ofertas feitas por instituições estrangeiras por meio da internet.

Entretanto, pessoas domiciliadas no Brasil podem investir no exterior, em Forex, mas é preciso atentar para que sejam seguidas as regras da Receita Federal e do Banco Central com relação aos adequados procedimentos para envio e recebimento de recursos e recolhimento de tributos.

Com relação ao ofertante (corretora de Forex, por exemplo), não existirá irregularidade na captação de investidores brasileiros se:

      • 1- a atividade de prospecção for realizada no exterior e
      2 – não ficar caracterizada a oferta pública no Brasil.

Do contrário, a oferta é ilegal e configura, além da infração administrativa perante a CVM, crime previsto na Lei 7.492/86.

Deixe seu comentário