Um pesquisa, realizada pela CivicScience, revelou que os americanos confiam mais no futuro do Bitcoin do que na Libra, moeda em desenvolvimento pelo Facebook.

Dos 1.799 americanos entrevistados, desde o lançamento do white paper do Facebook em meados de junho, apenas 2% acreditam mais na Libra e na carteira Calibra do que no bitcoin.

Segundo a pesquisa, impressionantes 40% disseram que confiam mais na criptomoeda pública, enquanto 19% disseram que confiam nas duas opções sobre o mesmo.

O fraco histórico do Facebook em preservar a privacidade do usuário, como o escândalo da Cambridge Analytica, também ficou evidente nos resultados, com 77% dizendo que não confiavam na empresa com seus dados pessoais. Novamente, apenas 2% disseram que confiam muito no Facebook.

A falta de confiança em Libra também é sustentada pela enorme falta de interesse no projeto, indica a pesquisa. Quando perguntados se eles estavam interessados ​​na criptografia e na carteira do Facebook, 86% dos entrevistados não disseram nada. Cerca de 5% expressaram interesse.

A CivicScience disse que as pessoas na faixa etária dos 18 aos 24 anos mostraram o maior interesse (30%) em Libra. Eles também pesquisaram como usuários mais interessados ​​no Facebook e tinham mais experiência com aplicativos de pagamento móvel, como Venmo e Apple Pay.

A segunda maior faixa etária foi a faixa entre 25 e 29 anos, dos quais 18% expressaram interesse. Apenas 7 por cento do grupo com mais de 65 anos tinham qualquer interesse em Libra.

A CivicScience disse que mais pesquisas são necessárias para entender os altos níveis de desconfiança em relação à criptografia do Facebook.

Deixe seu comentário

Deixe um comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui